Os personagens de Dostoiévski conquistam facilmente a empatia do leitor, por mostrarem de forma transparente a contraditória alma humana. Dessa forma, a sua narrativa habita entre o herói e o anti-herói. Mesmo 200 anos depois do seu nascimento, a obra de Fiódor Dostoiévski ainda é referenciada em diversas áreas do conhecimento. Crime e Castigo (1866), […]

Leia mais