Viajar, verbo reativo. Traz memórias, experiências e desejos. Para cada pessoa um sentimento diferente. Viajar envolve principalmente expectativas. Mas também muitas dúvidas: permissões, vistos, moedas, onde ficar, o que fazer, o que visitar… e ainda tem toda a logística de aeroporto, traslado, o que fazer com a mala…. Muita gente já desistiu de viajar neste preâmbulo. Depois fica frustrado quando o amigo, parente, colega de trabalho volta de uma viagem e relata tudo o que viu e viveu.

Viajar não precisa ser um trauma. E também não precisa estar restrito a visitar pontos turísticos. Pode ser um sonho possível e mais que isso, pode servir para ampliar os negócios, trazer uma nova visão de mundo a respeito do que se faz por aqui e o que se pode fazer para melhorar. Bem arrumadinho, não precisa nem gastar tanto quanto se gasta em uma viagem sem planejamento. Observando estes e outros detalhes, surgiu a 13 Viagens, iniciativa do ex-professor das engenharias da Unoesc, Pablo Belchor:

 

 

A 13 Viagens começou com viagens dentro da universidade. Enquanto eu era professor, comecei a acompanhar alunos em algumas viagens. Em um primeiro momento dentro do Brasil – a maioria dos cursos universitários organiza viagens a congressos e eventos acadêmicos – até que em um determinado momento eu levei quatro alunos um congresso no exterior, mais especificamente na Espanha.

 

Depois desta viagem, Pablo passou a organizar viagens ao exterior substituindo a participação em congressos por visitas em empresas, fazendo o planejamento das visitas de forma antecipada, ainda em território brasileiro. A informação de que ele organizava toda esta logística – o que tornava a experiência mais prazerosa que traumática – foi sendo divulgada pelos próprios viajantes e para sua surpresa, acabou sendo gerada uma grande excursão com outras 30 pessoas que já não residiam exclusivamente na região do meio oeste catarinense. Viu nisso, então, uma oportunidade.

 

 

Eu acredito que o nosso diferencial seja, primeiramente, manter a ideia das viagens como uma excursão universitária, aliada a uma logística profissionalizada. Além disso, as viagens são otimizadas, mantendo o foco nas visitas a lugares interessantes e nem sempre acessíveis através de uma empresa turística convencional. No início a fábricas, porque os grupos iniciais eram basicamente formados por alunos da área das engenharias. Mas quando outras pessoas passaram a adquirir estes pacotes, as visitas foram estendidas para outras áreas de interesses.

 

Pablo se mostra preocupado com o fato de as viagens tradicionais acabarem se tornando mecânicas, excluindo o contato com a cultura do país que se vai conhecer. Outra preocupação é a questão logística. Pessoas que adquirem um pacote, muitas vezes ficam desamparadas e passam por inúmeras dificuldades (questões relacionadas a trâmites de aeroportos e segurança). Desta forma, a 13 Viagens oferece uma dinâmica diferenciada de conforto, com o passageiro se conectando a logística da empresa ainda no Brasil, dentro da sua cidade e chegando na Europa, com um suporte durante todos os momentos.

A 13 Viagens é uma empresa que está incubada dentro do Polo Inovale, em Joaçaba, há pouco mais de um ano. Já foram seis viagens organizadas por Pablo, desde as viagens estudantis. Neste tempo foram visitas a Espanha, Portugal, França, Holanda, Bélgica e Alemanha, incluindo dentro de tudo isto visitas oficiais ao Parlamento Alemão, em Berlim, ao Parlamento Europeu, em Bruxelas, e ao Banco Central Europeu, também na Alemanha. Além de várias visitas com foco tecnológico: fábricas de automóveis, startups e a Babel, do aplicativo de idiomas.

2022 – Agronegócio – a inovação mais recente da 13 VIAGENS

Durante as viagens, Pablo percebeu como é forte o interesse pelo Agronegócio, setor que envolve boa parte das atividades desenvolvidas no Meio Oeste Catarinense. Então notou que não há qualquer roteiro especializado para quem tem interesse em saber o que de mais moderno os países europeus vêm fazendo dentro do setor. Com isso, passou a fazer contatos fora do país, e assim chegou à empresa líder de automatização dentro de propriedades rurais em todo mundo. Tanto no trato do gado quanto na ordenha das vacas, passando por outros serviços.

 

A partir desta possibilidade, nós vamos fazer uma viagem – a previsão dela é setembro de 2022 – à princípio englobando Alemanha e Holanda, com foco na visitação de propriedades rurais, para que se possa ver como funciona uma fazenda modelo automatizada naquele continente, e depois vamos à fábrica da empresa que proporciona este tipo de automatização, na Holanda.

 

Foram diversos contatos a esta e outras indústrias ligadas ao Agronegócio europeu.  Neste sentido, Pablo garante que os viajantes que adquiriram o pacote para a Itália, por exemplo, já poderão contar também com a opção de uma visita a uma propriedade rural naquele país. E assim as viagens são planejadas, sempre podendo contar com alguma novidade em relação à anterior.

Para quem ficou interessado em conhecer mais sobre estas viagens ou mesmo adquirir um dos pacotes, pode entrar em contato pelo Instagram @13viagensoficial, pelo e-mail contato@13viagens.com.br ou pelo WhatsApp (49) 98923 1196. O site está sendo repaginado e em breve permitirá também ao usuário fazer compras de pacotes diretamente pela página, 24 horas por dia, sete dias por semana. Boa viagem!