No Direito Sistêmico, é possível se desvendar conflitos familiares, empresariais e sociais por meio da filosofia das Constelações Familiares. Como assim? Nós também ficamos intrigados e fomos conversar com a professora Mestra Elaine Julliane Chielle, que organizou a Pós-graduação EAD em Direito Sistêmico, na Unoesc. Ela explica:

 

O Direito Sistêmico é um método diferenciado pelo qual o Direito é aplicado na resolução de conflitos por meio da análise de todo o sistema que permeia a conflagração. Essa técnica baseia-se na filosofia das Constelações Familiares de Bert Hellinger para a análise e atuação do Direito nos casos concretos.

 

Vejamos. A Constelação Familiar – Familienstellen – é um trabalho terapêutico desenvolvido pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger – o que lhe rendeu uma indicação ao Prêmio Nobel da Paz, em 2011. O sistema identifica uma Inteligência que interliga as gerações de uma mesma família. Essa ligação é percebida por intermédio de três sinais: o Pertencimento, ou seja, em nenhuma hipótese você deixará de pertencer à sua família, nem mesmo a expulsão poderá excluí-lo; a Ordem – os mais novos podem tentar resolver os assuntos dos mais velhos, o que causa um desajuste na ordem natural e a Lei do Equilíbrio, que vê a necessidade das trocas serem realizadas de forma equilibrada dentro desse sistema.

 

 

 

 

As constelações sistêmicas têm fundamento na psicoterapia sistêmica fenomenológica de Bert Hellinger, a qual foi desenvolvida por meio da experiência e observação dos padrões comportamentais que transcendem gerações dentro de famílias e grupos, tendo por objetivo a identificação e resolução de litígios.

 

 

Pode parecer estranho, mas o fato é que a aplicação dessa metodologia terapêutica no Direito possibilitou uma compreensão dos fatores que influenciam o comportamento humano e dos fatos que dão origem aos conflitos. A partir deste movimento, busca-se novas possibilidades também para a resolução desses conflitos, ampliando a consciência sobre os papéis de cada um. Neste sentido, cada indivíduo é visto como parte de um sistema maior – familiar, empresarial, social – ligados entre si por um destino comum e relações recíprocas.

 

As intervenções sistêmicas podem ser aplicadas nas mais variadas esferas, tais processos jurídicos, presídios, empresas, escritórios, sociedades, entre outros.

 

A professora Elaine garante que o grande destaque da Pós-graduação em Direito Sistêmico é a associação da teoria com a prática, potencializando o conhecimento mediante o desenvolvimento de habilidades e capacidades para a vida profissional.

 

Pós-graduação Unoesc EAD

 

Os cursos de especialização da Unoesc EAD são desenvolvidos em 360 horas/aula, podendo ser concluído em 8 meses. O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), no final, é opcional. Além disso, o curso é oferecido em Ambiente Virtual diferenciado que promove a interação, com metodologias de aprendizagem inovadoras. Todo o corpo docente tem experiência na área onde ministra a aula. Os cursos são oferecidos totalmente de forma on-line, sem a necessidade de encontros presenciais. As aulas são realizadas ao vivo com o professor e colegas da turma, caso não consiga participar você poderá assistir à gravação depois. A Unoesc está presente no programa de Mobilidade Virtual e-Movies, onde você pode cursar componentes em instituições estrangeiras e ampliar os horizontes para a construção do seu conhecimento. Inscreva-se já!