Por lei, as empresas são obrigadas a garantir a segurança de seus funcionários e cabe também ao trabalhador informar a ausência de equipamentos adequados e situações perigosas. De acordo com dados da Previdência Social e do Ministério do Trabalho, por ano, são registrados 700 mil acidentes de trabalho, em todo o Brasil. Os dados colocam o país como a quarta nação do mundo que mais registra acidentes durante atividades laborais.  Uma realidade preocupante e que exige investimentos na área de gestão de Saúde e de segurança do trabalho, principalmente.

Por outro lado, uma pesquisa realizada pelo Serviço Social da Indústria (SESI) com 500 médias e grandes empresas, mostrou que nos últimos anos, 71,6% das indústrias afirmaram dar atenção à saúde e segurança no trabalho (SST), o que demonstra que a conscientização quanto à essa problemática está aumentando.

Frente à contribuição para mudança das estatísticas negativas, está o engenheiro em Segurança do Trabalho. Esse profissional tem como função principal atuar na gestão de segurança e saúde ocupacionais, prevenindo os riscos à saúde à vida do trabalhador. O engenheiro com essa especialização, deve criar métodos e procedimentos para assegurar que os empregados não corram riscos de acidentes ou sofram danos físicos e psicológicos.

Como forma de capacitar os profissionais que atuarão nesse cargo a Unoesc está oferecendo uma especialização que aprofundará o conhecimento podendo gerar um resultado mais eficaz nas ações de prevenção dos riscos profissionais e na promoção de melhorias nas condições laborais. Trata-se da Pós-Graduação em Engenharia de Segurança do trabalho.

Essa Pós-Graduação é voltada para Engenheiros e arquitetos. O curso habilita o aluno como Engenheiro de Segurança, permitindo-lhe obter certificado junto ao CREA. Lecionado por professores experientes na área, conta com aulas práticas de primeiros socorros, bem como aula prática de combate a incêndios e de utilização de instrumentação de medição como luximetro, decibelimetro, entre outros. Possibilita ainda, visitas técnicas para abordar temas das Normas Regulamentadoras – NR’s e gestão ambiental.

Ficou interessado? Faça sua inscrição clicando aqui.

 *Com Informações site Industria Hoje

Deixe seu comentário pelo Facebook