Dinheiro X Felicidade: o que pesa mais na hora de escolher uma carreira?

Dinheiro X Felicidade: o que pesa mais na hora de escolher uma carreira?

 

Para falar sobre o tema, conversamos com o coordenador do curso de Administração da Unoesc Xanxerê, professor Plinio Antonio Silveira, que faz algumas reflexões:

A felicidade ou o dinheiro é um tema polêmico para ser debatido, divide opiniões no momento de escolher a vocação profissional. O tema gera interrogações: quem é mais feliz? O profissional que faz o que gosta ou o profissional que tem uma boa remuneração?

Nessas questões, as pesquisas demonstram que as pessoas felizes são aquelas que conseguem trabalhar no que gostam e, ao mesmo tempo, ganham dinheiro com o seu trabalho.

O sucesso na escolha profissional envolve diferentes fatores, como mercado de trabalho e intensidade de esforços que cada pessoa dedica para alcançar seus objetivos. O gosto por determinada profissão é importante para a motivação e dedicação ao estudo. A dedicação e o empenho proporcionam oportunidades maiores que a média dos profissionais da mesma área.

Mas cabe alertar que o mercado de trabalho sofre influência de vários fatores externos, o que pode limitar a entrada em determinado momento, mesmo dos profissionais mais capacitados e motivados.

Para fazer uma boa escolha profissional, é importante conhecer quais são os seus interesses e as suas habilidades para desempenhar determinadas atividades.

As pesquisas evoluíram nos últimos anos, mas não encontraram uma fórmula para a felicidade. A felicidade depende de cada pessoa, de seus objetivos, seus sonhos, suas experiências, família, trabalho, entre outros fatores externos.

 

Digital composition of thoughtful woman in straw hat standing in front of chalkboard with question marks

 

5 novas necessidades do mercado de trabalho para formados em engenharias

5 novas necessidades do mercado de trabalho para formados em engenharias

 

As engenharias são uma área em constante crescimento. A Unoesc, comprovando isso, oferece dez cursos de graduação na área — Engenharia Bioenergética, Civil, de Alimentos, de Computação, de Produção, Elétrica, Florestal, Mecânica, Química e Sanitária e Ambiental —, todos com boa demanda de estudantes.

Para a coordenadora dos cursos de Engenharia Bioenergética e de Engenharia Florestal da Unoesc Xanxerê, professora Graciele Barbieri, a tendência para os próximos anos é um crescimento ainda maior. Ela afirma que o mercado tradicional das engenharias ainda é muito procurado.

— Com a crise que atingiu esse setor, a parte de recursos renováveis — energia e florestas — abre um novo caminho para novas contratações. As empresas procuram avançar, para superar a crise, abrindo novas possibilidades, como a construção de pequenas centrais hidrelétricas — campo de atuação do engenheiro bioenergético, por exemplo. Assim, elas deixam de investir em áreas comuns e passam a investir em sustentabilidade, atendendo a mercados que até então não atendiam — destaca.

Em vista disso, a coordenadora elenca, a seguir, cinco novas necessidades do mercado de trabalho para os formados em engenharias.

Leia mais

5 diferenciais do Mestrado em Sanidade e Produção Animal Aplicadas a Pequenas Propriedades

5 diferenciais do Mestrado em Sanidade e Produção Animal Aplicadas a Pequenas Propriedades

 

A Unoesc Xanxerê está oferecendo o Mestrado em Sanidade e Produção Animal Aplicadas a Pequenas Propriedades. O Mestrado Acadêmico, pioneiro em Medicina Veterinária da região Oeste de Santa Catarina, oportuniza atualização para profissionais graduados nas áreas de Medicina Veterinária, Zootecnia, Agronomia, Ciências Biológicas e afins.

A seguir, o coordenador do curso, professor doutor Alexandre Alberto Tonin, relaciona cinco diferenciais que ajudarão você a entender a importância desta formação para o seu currículo.

 

1) Crescimento profissional

A conclusão de um Mestrado traz, a qualquer mestrando que desempenhou bem suas atividades, o conhecimento inerente a todo o esforço e estudos dos 24 meses de curso. Um Mestrado Acadêmico, como o da Unoesc Xanxerê, proporciona todo esse conhecimento, que culmina com uma grande oportunidade de aperfeiçoamento profissional, além da possibilidade de, futuramente, ingressar na academia científica, como pesquisador e/ou professor de ensino superior. Obviamente, vários outros aspectos são atrelados à conclusão de um Mestrado, especialmente a possibilidade de ascensão na carreira (posto de trabalho, remuneração, reconhecimento, entre outros). Os benefícios são inúmeros, tanto quantitativos quanto qualitativos.

 

MESTRADO SANIDADE 2 XXE 0317

 

2) Contribuição com o desenvolvimento regional

A proposta do Mestrado em Sanidade e Produção Animal Aplicadas a Pequenas Propriedades é, de certa forma, diferenciada da grande maioria dos mestrados acadêmicos stricto sensu, pois foi delineado para atender e responder a questões relacionadas a características regionais da atividade primária no segmento de produção animal. Assim, buscaremos desenvolver ciência que possa ser aplicada a esse tipo de realidade, para aperfeiçoar a produtividade, levando em conta a sanidade e a produção animal (baseadas em conceitos de bem-estar animal) em sistemas desenvolvidos em pequenas propriedades. Com isso, poderemos contribuir diretamente no desenvolvimento regional (e exportar modelos para outros locais do país com características semelhantes), por apresentar um modelo diferenciado de pesquisa.

 

3) Oportunidade de realizar intercâmbio

Uma vez implementado, várias “portas” se abrem para a colaboração acadêmica. Junto com o setor de Mobilidade, já estamos trabalhando nesses aspectos e, em breve, as primeiras oportunidades de colaboração acadêmica, nacional e internacional, certamente surgirão. Antes mesmo da aprovação do Mestrado, já trabalhávamos nesse sentido, usando como base de relações as conexões e contatos de nosso corpo docente. Por exemplo, em maio de 2016, esteve palestrando, no campus II da Unoesc Xanxerê, o professor Vilceu Bordignon, da University of McGill, do Canadá. Essas ações serão intensificadas a partir de agora, com a aprovação do Programa.

 

4) Público-alvo abrangente

Esperamos receber uma boa procura de egressos que estão nas indústrias e buscam por aperfeiçoamento em médio prazo, porém, uma vez que existe um processo seletivo aberto, todos os profissionais das Áreas Agrárias e afins podem participar da seleção. É prudente salientar a importância dos interessados em cursar o Mestrado de verificar o perfil dos professores do Programa, as suas linhas de pesquisa e produção, verificando, assim, possíveis afinidades que possam viabilizar a pesquisa.

 

5) Infraestrutura e corpo docente

A estrutura laboratorial que fornece suporte ao projeto do Mestrado é composta por um grupo de laboratórios totalmente funcionais e adequados às necessidades, objetivos, propostas e potenciais funcionalidades do Programa. Destacam-se os novos laboratórios, exclusivos para o Mestrado, instalados no bloco C: Biologia Molecular, Imunodiagnóstico e Microbiologia. Para suas atividades, o Mestrado contará, ainda, com laboratórios compartilhados com a graduação, tais como Reprodução, Patologia, Parasitologia, Bioquímica e Análises Clínicas e Bromatologia, além das granjas experimentais de suínos e aves e seus respectivos laboratórios.

Já o corpo docente mescla doutores recentes com doutores com ampla experiência. Essa mescla de diferentes perfis possibilita a confiança de que o Mestrado poderá cumprir com êxito todas as exigências da Capes, como órgão avaliador, além de estar preparado para ofertar uma orientação de alta qualidade científica aos futuros mestres. Há uma distribuição equitativa dos docentes entre as linhas de pesquisa em Sanidade e em Produção. Dentro das duas linhas, são pesquisadores que trabalham com diagnóstico laboratorial, medicina veterinária preventiva, reprodução animal, nutrição animal, tecnologia em produtos de origem animal, entre outros.

 

MESTRADO SANIDADE 3 XXE 0317

 

Gostou do conteúdo? Que tal se inscrever no Mestrado em Sanidade e Produção Animal Aplicadas a Pequenas Propriedades? Clique aqui e garanta sua vaga!

 

5 novas necessidades do mercado de trabalho para formados em tecnologia

5 novas necessidades do mercado de trabalho para formados em tecnologia

 

A professora Rosicler Felippi Puerari, coordenadora do curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas na Unoesc Xanxerê, recentemente participou do Campus Party, em São Paulo. O evento, que ocorreu de 31 de janeiro a 3 de fevereiro, reuniu centenas de campuseiros – como são chamados os participantes da feira –, do país e do exterior.

Na oportunidade, a professora acompanhou a apresentação das mais recentes inovações e tendências nas áreas de Tecnologia e Design. A seguir, com base em suas observações do evento, ela lista cinco novas necessidades do mercado de trabalho para formados em tecnologia:

Leia mais

5 motivos para você fazer o Mestrado em Sanidade e Produção Animal Aplicadas a Pequenas Propriedades

5 motivos para você fazer o Mestrado em Sanidade e Produção Animal Aplicadas a Pequenas Propriedades

 

A Unoesc Xanxerê oferece, a partir de 2017, seu primeiro Mestrado: Sanidade e Produção Animal Aplicadas a Pequenas Propriedades. O curso, Mestrado Acadêmico pioneiro em Medicina Veterinária da região Oeste de Santa Catarina, vai oferecer uma oportunidade ímpar de atualização para muitos profissionais.

Abaixo, cinco motivos, elencados pelo coordenador do curso, professor Alexandre Alberto Tonin, para você fazer o Mestrado e entender a importância desta formação para o seu currículo.

Leia mais

5 dicas para ter sucesso em seu intercâmbio

5 dicas para ter sucesso em seu intercâmbio

 

A professora Irene e Sá Affolter, coordenadora da Mobilidade Acadêmica da Unoesc Xanxerê, fala com paixão de suas viagens internacionais. Formada em Letras/Inglês, desde que é responsável pelo setor (2008), ela já visitou mais de 20 países, sendo o último a China, onde cursou especialização em Relações Internacionais (em julho deste ano), na Beijing Normal University (BNU). Entusiasta do intercâmbio, a professora faz algumas recomendações para quem pretende realizar uma experiência no exterior.

Leia mais