5 novas necessidades do mercado de trabalho para formados em engenharias

5 novas necessidades do mercado de trabalho para formados em engenharias

 

As engenharias são uma área em constante crescimento. A Unoesc, comprovando isso, oferece dez cursos de graduação na área — Engenharia Bioenergética, Civil, de Alimentos, de Computação, de Produção, Elétrica, Florestal, Mecânica, Química e Sanitária e Ambiental —, todos com boa demanda de estudantes.

Para a coordenadora dos cursos de Engenharia Bioenergética e de Engenharia Florestal da Unoesc Xanxerê, professora Graciele Barbieri, a tendência para os próximos anos é um crescimento ainda maior. Ela afirma que o mercado tradicional das engenharias ainda é muito procurado.

— Com a crise que atingiu esse setor, a parte de recursos renováveis — energia e florestas — abre um novo caminho para novas contratações. As empresas procuram avançar, para superar a crise, abrindo novas possibilidades, como a construção de pequenas centrais hidrelétricas — campo de atuação do engenheiro bioenergético, por exemplo. Assim, elas deixam de investir em áreas comuns e passam a investir em sustentabilidade, atendendo a mercados que até então não atendiam — destaca.

Em vista disso, a coordenadora elenca, a seguir, cinco novas necessidades do mercado de trabalho para os formados em engenharias.

Leia mais