De uma “máquina de fazer cálculos” a processadores que quase equiparam-se ao potencial do cérebro humano. Essa é uma boa forma de resumir a origem e a história da Ciência da Computação. Em rápida e constante evolução, é a área que conecta o mundo e, em grande medida, faz ele funcionar.

O curso que forma os profissionais da área é um refúgio para os geeks, fãs de tecnologia, ciência e inovação. É preciso estar sempre atento aos avanços para se dar bem no ramo, mas as possibilidades são as mais diversas. Rede de computadores, informática, telecomunicações, games, aplicativos e por aí vai.

Está achando que a graduação em Ciência da Computação é o caminho certo para você? Então, conheça um pouco sobre a origem e a evolução dessas tecnologias e entenda melhor as possibilidades que a área oferece. Confira!

Como surgiu a Ciência da Computação?

Aquele que deu origem aos processos que hoje controlam desde nosso perfil no Facebook até a nossa conta bancária é Alan Turing. Matemático britânico que viveu na primeira metade do século XX e elaborava teorias sobre como criar uma máquina de calcular.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Turing foi recrutado para decodificar mensagens emitidas pelo exército alemão. Graças ao seu trabalho, os Aliados obtiveram informações cruciais para adiantar o fim da guerra, salvando milhões de vidas inocentes. Além de, é claro, ter dado início a Ciência da Computação.

Turing acreditava que oferecendo determinados comandos, sua máquina seria capaz de solucionar equações ou, no caso, decifrar mensagens criptografadas. Assim, ele criou o computador e as bases da programação que hoje qualquer aluno de bacharelado em Ciências da Computação sabe de trás para frente.

O que é e como está a Ciência da Computação hoje?

A Ciência da Computação é responsável por todos os processos automatizados que fazem parte do nosso dia a dia. Sendo que seu principal objetivo são as soluções digitais, ou seja, promover facilidades e o avanço científico por meio da informática. Por isso, a evolução desse ramo é sinal de desenvolvimento social.

O interessante de conhecer a história da área é que a graduação em Ciência da Computação segue o mesmo caminho. As disciplinas começam pela base, Algoritmos e Programação; passam para as evoluções que já são cotidianas, como os Sistemas Operacionais e os Bancos de Dados; e, por fim, para o “futuro que acontece agora”, a Interface Homem-Máquina e a Inteligência Artificial (IA).

Enquanto profissão, encontra-se entre as melhores opções do mercado em termos de empregabilidade e salário. A graduação na área prepara o aluno para atuar nas principais demandas do ramo de TI, como na segurança digital, e-commerce e desenvolvimento mobile.

O que esperar do futuro?

O avanço tecnológico nunca para e o ramo da computação e informática é um dos mais acelerados. Já fala-se sobre uma Computação Quântica, um novo salto na capacidade de processamento e solução de problemas. Isso significa um novo patamar de IA impactando os mais diversos setores da sociedade.

De todo modo, as perspectivas sempre apontam para um futuro cheio de possibilidades para quem opta pelo bacharelado em Ciência da Computação. Tendo um mercado cada vez mais abrangente e profissionais cada vez mais indispensáveis, não tem como errar nessa escolha de curso.

Gostou do post? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Deixe seu comentário pelo Facebook