O profissional de Arquitetura e Urbanismo, no mercado de trabalho, encontra diversas opções de atuação. Sua maior vantagem é ter uma formação generalista que desenvolve habilidades bastante flexíveis. Assim, o profissional adapta-se com facilidade e pode sempre encontrar novas oportunidades.

A graduação na área pode agradar tanto perfis técnicos quanto os mais artísticos. Atua em construção civil ao mesmo tempo em que tem uma forte tendência a sustentabilidade e opções que contemplam o contato com a natureza. É um curso e uma área bastante versátil.

Então, o que esperar do curso de Arquitetura e Urbanismo, mercado de trabalho e salário? Entenda melhor as opções de atuação que aguardam o profissional e os campos de trabalho que estão em alta na carreira. Confira!

O que esperar da formação em Arquitetura e Urbanismo

Segundo a ex-aluna do Unoesc, Celí Mazieiro, o arquiteto e urbanista é voltado ao planejamento. O profissional atua, segunda Mazieiro, na busca de soluções visando o bem-estar coletivo e o melhor aproveitamento de recursos e características locais.

Para alcançar esse objetivo, os campos de trabalho para Arquitetura e Urbanismo exige um perfil tão técnico quanto criativo. É isso que traz qualidade ao trabalho do profissional e versatilidade a carreira para atuar nos mais diversos contextos.

Tudo começa ainda na graduação. Na matriz curricular do curso é possível perceber essa mescla de competências, presente em disciplinas que contemplam as Ciências Exatas e Sociais. Além de seu lado artístico, que não deixa de ser bastante técnico, empregando as mais recentes tecnologias digitais.

Os campos de trabalho para Arquitetura e Urbanismo

A própria Celí Mazieiro, que citamos anteriormente, atua em mais de um campo. No setor público, possui atribuições bem diversificadas que vão do planejamento urbano e restauração a consultoria. Ela também dá aulas no curso. Esses são campos da Arquitetura e Urbanismo no mercado de trabalho tradicional.

As carreiras em alta na atualidade estão mais voltadas a tecnologia, inovação e sustentabilidade. O designer 3D, por exemplo, é muito requisitado para auxiliar a criação de projetos em modelos realistas e até animados. É uma forma de apresentar o produto ao cliente e facilitar o entendimento de demandas.

A pesquisa é outro campo de trabalho para Arquitetura e Urbanismo que está em alta. Procura-se desenvolver novos materiais e métodos para melhorar o aproveitamento de recursos em prol da sustentabilidade. Assim como a restauração de edifícios tem tido prioridade sobre novas construções.

O arquiteto no mercado de trabalho

Na Arquitetura e Urbanismo, o mercado de trabalho é uma vantagem da profissão. Os campos de atuação são bastante variados e cada vez mais o profissional torna-se presença indispensável nas construções. O que só aumenta a demanda por formandos da área e valoriza a remuneração.

O fato é que a Arquitetura e Urbanismo no mercado de trabalho encontra-se entre aquelas profissões que sabem mesclar tradição e inovação. O profissional que se mantém atualizado com tecnologia e as tendências da área tem tudo para construir uma carreira bem-sucedida.

Quer mais dicas de carreira? Assine nosso newsletter e fique por dentro de conteúdos exclusivos!

 

Deixe seu comentário pelo Facebook