Quando passa a euforia dos primeiros meses dentro de um ambiente universitário, o acadêmico dá por conta que não existe mais uma obrigação em se manter como um leitor assíduo. Pois, aparentemente, além das leituras obrigatórias do seu curso, não precisa mais se preocupar com nenhuma outra. Por isso, sente-se, na maioria das vezes, aliviado e satisfeito com essa nova fase onde pode deixar de lado os livros.

Entretanto, tal pensamento acaba por atrofiar e empobrecer o senso crítico, tornando o acadêmico muito menos capacitado do que poderia ser, caso tivesse entendimento da importância da leitura no meio universitário.

A leitura é um hábito, que pode ser muito prazeroso, para isso, é necessário desenvolver o gosto por ela, através de empenho e dedicação constante, principalmente para quem não está tão familiarizado com os livros.

A Universidade é um ambiente de fomentação de ideias e partilha de conhecimento, bem mais que adquirir uma profissão, é nesse meio que o indivíduo aperfeiçoa e desenvolve suas habilidades. O hábito de ler está intrinsecamente ligado a capacidade que o aluno terá para interpretar e interagir em meio a sociedade. A leitura possibilita o desenvolvimento pessoal e profissional das pessoas, tornando-as seres pensantes, criativos e preparados para a vida.

Numa realidade onde a maioria dos indivíduos busca um conhecimento pulverizado, raso e segmentado, adquirir o gosto pelos livros pode ser o diferencial na hora de adquirir uma vaga no mercado de trabalho. Parafraseando Mário Quintana, “livros não mudam o mundo,
quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas”.

Dicas para criar hábito de leitura:

  • Encontre um local tranquilo e calmo, como seu quarto, sala, um parque ao ar livre, bibliotecas.
  • Defina um horário e tente segui-lo fielmente, como todo o hábito é preciso criar uma rotina para que funcione, assim com escovar os dentes, tomar banho etc.
  • Comece com leituras leves, e aos poucos vá definindo seu gosto pessoal pelo gênero de livro que gosta.
  • Converse com os outros sobre as leituras que está fazendo, a troca de ideia enriquece e possibilita a descoberta de outras leituras interessantes

Deixe seu comentário pelo Facebook