ENG CIVIL 1

 

Nesta semana, o Blog da Unoesc entrevista a professora do curso de Engenharia Civil da Unoesc Joaçaba, Gislaine Luvizão. Ela fala sobre a atuação do engenheiro civil no mercado de trabalho e explica por que seguiu a carreira de professor.

1) Por que você optou pela carreira de professor? Como ocorreu esse processo?

A princípio, minha intenção era trabalhar em obras de pavimentação (estradas). Após a conclusão do curso, recebi a proposta de trabalhar como professora auxiliar, ajudando outro professor que estava fazendo doutorado. No mesmo ano, iniciei o mestrado e continuei em sala de aula. O que mais me incentivou a continuar na vida acadêmica, foi a pesquisa. Buscar novas soluções para problemas corriqueiros da Engenharia, os quais estão ligados à Engenharia Civil e, principalmente, à área de estradas.

ENG CIVIL 2

 

2) Qual o perfil para atuar na área da pesquisa?

Tem que gostar de desafios, de ler, ser dedicado, não ter medo de errar e, principalmente, ser uma pessoa crítica, nunca acreditar no que os outros falam, escrevem ou publicam. Deve ser uma pessoa flexível e aberta a novas informações.

 

3) Qual a sua linha de pesquisa?

Pavimentação e Reciclagem de pavimentos.

 

4) Quais as disciplinas que você ministra?

Atualmente ministro os componentes curriculares de Estradas I, Estradas II, Topografia II, Transporte e Trânsito, além de orientações de Estágio Supervisionado II e Trabalho de Conclusão de Curso.

 

ENG CIVIL 3

 

5) Depois de formado, quais os caminhos que o engenheiro civil pode seguir?

Pelo fato da Engenharia Civil ser uma profissão muito abrangente, o profissional pode montar seu próprio negócio (empresa ou autônomo); seguir na área acadêmica (desenvolvendo pesquisas, continuando seus estudos no mestrado ou doutorado); trabalhar em grandes e pequenas empresas nas áreas de: construção civil, estradas, infraestrutura, portos, aeroportos, ferrovias, licenciamento ambiental, loteamentos, barragens, usinas eólicas, fundações, contenções, saneamento, etc. Pode atuar também em órgãos públicos ou, como muitos profissionais, trabalhar na área administrativa ou de gerenciamento.

 

6) Quais as áreas da Engenharia Civil que estão em alta?

Com a crise nacional, não podemos afirmar que existe uma área específica em alta. Na Engenharia sempre há altos e baixos. No Brasil, existe a necessidade de grandes investimentos em infraestrutura. Por outro lado, na nossa região, hoje, fala-se muito sobre acessibilidade e regularização de edificações, além da área ambiental, e, é claro, da construção civil.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar algumas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>