O Enem é uma grande oportunidade para quem deseja cursar o Ensino Superior. Mas para isso, é preciso entender como funciona o programa e como é possível utilizar sua nota para fazer uma faculdade.

Uma das grandes questões nesse caso é a nota de corte do Enem. Ela representa o resultado mínimo necessário para conseguir uma vaga.

Por isso, no post de hoje falaremos sobre como ela e seu boletim de desempenho no Enem pode te ajudar a ingressar no ensino superior. Confira!

 

Nota do Enem pode ser utilizada de diferentes formas

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criado pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) em 1998 para avaliar o nível de aprendizado dos alunos que concluem o Ensino Médio no Brasil.

De lá para cá, surgiram programas como Prouni, Fies e Sisu que utilizam a nota de corte do Enem para possibilitar o ingresso em universidades públicas e particulares do país. Além disso,  muitas universidades passaram a adotar o Enem para substituir ou complementar o tradicional processo seletivo.

Para conseguir a tão sonhada vaga na universidade com o boletim do Enem, entretanto, é preciso atender alguns critérios que variam de acordo com o programa, com o curso desejado e com a instituição. Um desses critérios é a nota de corte do Enem.

Quando o resultado das provas forem divulgados, você poderá conferir sua nota no boletim de desempenho do Enem, que apresenta quanto você obteve em cada uma das áreas: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

Sua nota de corte será resultado da média das notas que obtiver nessas provas. Nos próximos tópicos apresentamos quanto deve ser essa média para que você possa conseguir uma vaga nos diferentes programas. Confira!

Nota mínima para o Prouni

O Programa Universidade para Todos (Prouni) oferece bolsas integrais (100%) e parciais (50% de gratuidade) para cursos de graduação em faculdades particulares. Para concorrer às bolsas, a nota mínima é de 450 pontos nas provas escritas, além de não zerar a redação.

Nota mínima para o Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é outro programa do Ministério da Educação que custeia a faculdade enquanto o aluno faz o curso e este só precisará pagar depois de formado. É preciso ter nota mínima no Enem de 450 pontos na média das provas e nota maior que zero na redação.

Nota mínima para o Sisu

O Sisu (Sistema de Seleção Unificada) oferece vagas em instituições públicas de ensino superior. Nesse caso, a nota mínima do Enem necessária para ingressar em uma faculdade varia de acordo com a instituição desejada.

 

Nota de corte do Enem varia de acordo com o curso

A nota de corte de um curso é aquela mínima necessária para concorrer às vagas. Por exemplo: se um curso em determinada instituição possui 20 vagas disponíveis, a nota de corte será a do 20º colocado que está concorrendo a uma posição.

Por isso, as notas de corte do Enem variam ano a ano de acordo com o curso e com a instituição. Mas é possível fazer uma estimativa baseada em anos anteriores e buscar ter um boletim de desempenho alinhado com o curso que deseja escolher.

Vamos a alguns exemplos: para conseguir uma vaga em Medicina, a nota de corte varia de 800 a 850. Para os cursos de Engenharia, a média é de 751 a 759 no Sisu e até 799 no Prouni. Cursos tecnólogos e licenciaturas tem uma média de 600 como nota de corte.

Neste post, você descobriu que é necessário atingir a nota de corte do Enem para conseguir uma vaga em um curso de Ensino Superior. Estudar provas anteriores e conhecer o funcionamento do Exame é fundamental para que as notas do seu boletim de desempenho do Enem sejam suficientes para fazer uma faculdade.

Gostou deste post? Aproveite e faça download do Guia Completo do Enem 2018!

 

 

Faça o download gratuito do e-book!

 

Deixe seu comentário pelo Facebook